TVI 24 - Os sindicatos dos médicos admitem nova greve antes do final do ano. Mário Jorge Neves da Federação Nacional dos médicos, acusou o ministro da Saúde de falta de respeito e falta de vontade negocial.