Voltar à página de entradaInício

Adicionar aos FavoritosFavoritos

Subscrever a Newsletter da FNAMNewsletter

Enviar uma mensagem à FNAMCorreio

 Pesquisar na página da FNAMPesquisar Sindicalizar
 
NOTA DE LEITURA


Comissão publica relatório de condenação
sobre o primeiro hospital PFI

O British Medical Journal publicou uma notícia na sua edição de 8/03/2003 (BMJ 2003; 326: 520), da autoria de Debashis Singh, em que divulga alguns aspectos do relatório da “Comission for Health Improvement (CHI)”.

Segundo este relatório, o primeiro hospital britânico construído através do financiamento privado tem “carência de liderança, de direcção e de planeamento”.

Nick Wood, chefe executivo do “North Cumbria Acute Hospitals NHS Trust”, demitiu-se alguns dias depois da publicação do relatório.

Este consórcio hospitalar foi criado em Abril de 2001 depois da fusão entre o “West Cumberland Hospital” em Whitehaven e o “Cumberland Infirmary” em Carlisle.

O relatório, baseado numa inspecção de rotina de Outubro do ano passado, realça um conjunto de sérias preocupações sobre liderança e competências para introduzir mudança e melhoria da qualidade dos cuidados prestados aos doentes.

A C.H.I. considera que os administradores falharam no desenvolvimento de uma clara estratégia realizável e critica o baixo perfil do quadro de directores e o elevado número de lugares superiores preenchidos por pessoal temporário.

Outros problemas referidos são o demorado acesso aos serviços oncológicos e o longo tempo de espera por uma ressonância magnética que chega a ultrapassar os 15 meses.

Mário Jorge Neves

 
 

Sul

Centro

Norte
 


Revista dos Médicos - Jan-Set/03
ONLINE
Documento em formato PDF
(433K)
Legível com Acrobat Reader

 
 



Seguro Nacional de Saúde nos Estados Unidos:Um drama em demasiados actos.
Prof. Milton Terris


Como as 5 grandes empresas de contabilidade influenciam e beneficiam com a política privatizadora
( Grã-Bretanha )

 

Federação Nacional dos Médicos
Rua de Tomar, n.º 5-A - 3000-401 Coimbra
Tel: 239 827 737 - Mail:
fnam@fnam.pt